Meat Me,
Um Terroir

Três Espaços, Um Terroir

Intemporal, clássico, fogo, raça, jazz, texturas, conforto, madeira, couro…

Estes são alguns vocábulos que definem o Meat Me.

Entre o restaurante clássico no piso térreo, onde está a cozinha, aberta à sala num casamento perfeito entre a força da matéria-prima: a carne e a elegância do espaço e dos seus detalhes. Na mezzanine encontramos o bar, com a essência dos antigos Ladies and Gentlemen’s Club, mas actual, aberto a todos os que apreciem um cocktail criado com estrutura, com referências olfativas e gustativas únicas.

No Verão recebemos o terceiro espaço, o nosso Amor Perfeito, que se materializa num terraço bucólico de aromas, perfumes, sabores e luz.

Equipa

Equipa

Tiago Estevens, 27 anos,desde cedo, e por mão do seu avô, profissional desta área, surgiu o interesse pela hospitalidade, pelos detalhes, pela dinâmica e o fascínio pelas operações. Depois de terminar a especialização em Gestão de Restauração e Bebidas, tracei o meu percurso por grandes marcas: Hotel Pestana Palace, Poison D’Amour, Chakall Gourmet, Pharmacia Chef Felicidade, Cozinha da Felicidade e eventos, trabalhando sempre ao lado de grandes profissionais, e à frente de grandes operações. Prezo pelo rigor, pela hospitalidade e principalmente pela vertente humana.   Trabalho em marcas que me identifico, e operações que me apaixonem.
Tomás Pires,32 anos, aguerrido, com grande know how em cozinha francesa, paixão por sabores italianos e muita experiência na área da hotelaria e criação de restaurantes e equipas de raíz. Desde sempre viveu rodeado pela azáfama da restauração, já que os avós eram donos de um restaurante tradicional do Porto, local onde Tomás passava os tempos livres depois de sair das aulas. Após o curso de Gestão Hoteleira conheceu Aimé Barroyer, no Pestana Palace e rapidamente tornou-se o seu braço direito, seguindo-o em vários projetos: primeiro no The Oitavos, depois no Tavares e posteriormente no Grupo Olivier. Tomás acabou por se juntar ao Seame Group, já com o futuro do Meat Me em vista. Durante os meses que o restaurante foi crescendo, Tomás estudou tudo sobre o produto que irá trabalhar, tendo inclusive feito estágios nos melhores assadores espanhois.
André Morgado, 24 anos e natural de Lisboa é um apaixonado pelo universo da gastronomia e da pastelaria em concreto. Acredita que os clássicos da pastelaria francesa combinam com recriações de criatividade aguçada. Apenas com 22 anos André Morgado venceu a segunda edição do “ADN Pasteleiro” promovido pela 10ª edição do Peixe em Lisboa. Inspirado pela criatividade, pela história da pastelaria e dos Portugueses o nosso chef recheia-nos a mesa com clássicos, reinterpretações, chocolates e inovações, num banquete de aromas, texturas e sabores que aguçam os sentidos.
Vasco Martins, 40 anos, tinha três hipóteses de carreira no final do secundário: a conservatória de actores, hotelaria e engenharia topográfica. Vasco optou pela última, mas apenas até à entrega do ingresso com a descrição das cadeiras. Seguiram-se três anos de gestão hoteleira , uma aprendizagem essencial num campo de golfe no Algarve seguindo de uma vinda para Lisboa, para o Farol Design Hotel e posteriormente, subchefe de bar no Bairro Alto Hotel. Depois de vários anos em Barcelona ingressa, em 2017, no Seame Group, tendo dedicado o seu tempo ao desenvolvimento do Soão – Taberna Asiática. É um apaixonado por whisky e bourbon, tendo sido pioneiro em Lisboa na harmonização de chá e whisky.
António Roxo, 34 anos, está há cinco anos no Sea Me Chiado e começa em 2019 com este novo projeto, após ter apostado em formação no Wset, alcançando até ao momento o terceiro grau. Após uma carreira empenhada na área da restauração, é uma aposta do grupo, como Wine Coordinator de uma carta de vinhos extensa, mas centrada no Terroir, uma preocupação transversal a todos os produtos deste novo projeto. É precisamente por Terroir que os vinhos estão apresentados no Meat Me, numa abordagem arrojada, através da selecção de produtores que melhor refletem o espírito de cada região. Em cada um deles encontramos segmentos especiais de Preciosidades escolhidas e selecionadas a rigor.

Institucional

João, Rui e António tinham em comum a paixão pela restauração e hospitalidade.

Daqui nasce, em 2010, o SEAME GROUP, que tinha como objectivo a criação de projectos diferenciadores e disruptivos, apostando na inovação, especialização e na formação.

No entanto, a comida não é o único foco. Entrámos desde o primeiro projecto no negócio da hospitalidade. Queremos vender felicidade, experiências, emoções.

Acreditamos que a hospitalidade é uma ferramenta essencial e transversal. A melhor maneira de fazer os nossos clientes felizes é ter a certeza de que as pessoas que trabalham no SEAME GROUP, o fazem com gosto.

Actualmente contamos com quatro marcas e quatro posicionamentos distintos, correspondentes a quatro experiências únicas e diferenciadas, perfazendo um volume de negócios de cerca de 10 milhões de euros por ano.

O nosso portfólio de marcas é composto por:

  • SEA ME – peixaria moderna – conceito de peixe em fine-dinning
  • O PREGO DA PEIXARIA – conceito de pregos e hambúrgueres de peixe em smart casual dinning
  • SOÃO – projecto dedicado à gastronomia asiática em fine-dinning
  • MEAT ME – conceito intemporal: restaurante clássico, Ladies and Gentleman’s club e terraço idílico

SEAME GROUP, o espírito da hospitalidade.